X
Crédito: Prefeitura Municipal de Florianópolis

Praça XV de Novembro

A Praça XV de Novembro é um dos símbolos de Florianópolis. No coração do Centro Histórico da cidade, conserva a icônicaFigueira Centenária desde a arborização do local, no século XIX. Na praça estão o Monumento em Honra aos Heróis Mortos na Guerra do Paraguai e os bustos que homenageiam ilustres figuras catarinenses: o poeta Cruz e Sousa, o pintor Víctor Meirelles, o historiador José Boiteux e Jerônimo Coelho, fundador da imprensa no Estado. Destaque para a pavimentação em petit pavê que reproduz 47 painéis com motivos do folclore ilhéu executados pelo artista plástico Hassis na década de 1960, por ocasião da revitalização da praça. Essa obra de Hassis foi tombada como Patrimônio Histórico e Artístico Municipal em 2014.

X
Crédito: WOA Empreendimentos

Praça Getúlio Vargas

Conhecida como Praça dos Bombeiros, a Praça Getúlio Vargas tornou-se um frequentado local de convivência a partir da revitalização do espaço, também uma parceria entre a iniciativa privada e o poder público, em março de 2016. A área, de 14 mil metros quadrados, recebeu melhorias a partir do projeto arquitetônico e paisagístico, que retomou os eixos visuais e a perspectiva original da praça. O local recebeu novo mobiliário urbano, nova vegetação, recuperação da iluminação, pintura dos dois chafarizes e reposicionamento e recuperação das esculturas. O exuberante jardim valoriza a fonte que conta com placa alusiva à comemoração de 25 anos de Florianópolis e o primeiro monumento erguido no Estado em homenagem à heroína Anita Garibaldi. A estátua de Bulcão Vianna, médico, militar e político atuante na administração de Hercícilo Luz e Adolfo Konder, e o busto de Carl Hoepcke, empresário alemão dos ramos industrial, comercial e da navegação, completam as relíquias históricas no local. O entorno da praça merece contemplação: casarios históricos preservados pelo tombamento como Patrimônio Histórico e Artístico Municipal em 30 de dezembro de 1986.

X
Crédito: WOA Empreendimentos

Praça Governador Celso Ramos

O espaço de 12.452,2m² junto à avenida Beira-Mar Norte foi completamente revitalizado em 2010, a partir de um projeto arquitetônico e paisagístico que recuperou a área, que se encontrava abandonada em função de inundações recorrentes e por questões de segurança. A parceria entre o poder público, a iniciativa privada e organizações da sociedade civil permitiu a transformação do local, que recebeu drenagem, iluminação, nova vegetação, além de parque infantil, academia de ginástica e câmeras de monitoramento.

X
Crédito: Prefeitura Municipal de Florianópolis

Parque do Jardim Botânico

Instalado em uma área de 19 hectares, localizada no bairro Itacorubi, o Parque do Jardim Botânico foi inaugurado em setembro de 2016. O parque tornou-se uma realidade a partir da doação do terreno à Prefeitura Municipal pela Epagri. A etapa de abertura contou com o apoio de órgãos governamentais, de instituições de ensino, de entidades empresariais, de organizações da sociedade civil e de empresas da região.

X
Crédito: Prefeitura Municipal de Florianópolis

Parque do Morro da Cruz

O Parque Natural Municipal do Morro da Cruz ocupa uma área de 40.225 metros quadrados dos 1.494.036,50 metros quadrados da área da unidade de conservação existente no local. Há trilhas em meio à Mata Atlântica, quadras esportivas e lagos construídos a partir de antigos açudes. A inauguração aconteceu em novembro de 2013. O investimento foi viabilizado pelo Programa Aceleração do Crescimento (PAC), com recursos do Governo Federal (71%) e da Prefeitura Municipal de Florianópolis (29%).

X
Crédito: Prefeitura Municipal de Florianópolis

Parque da Luz

Criado em 1999, com uma área de 37 mil metros quadrados, o Parque da Luz é o único parque na região central de Florianópolis, localizado no alto da rua Felipe Schmidt. Seu planejamento foi inspirado nos antigos espaços verdes das casas e dos terrenos do centro da cidade, que eram cheios de árvores frutíferas. Por isso, exemplares característicos da Mata Atlântica, como o Pau-Brasil, ipês, garapuvus, cecropias, timbauvas, ingás, aroeiras, entre outras, convivem com muitas frutíferas nativas (como a pitanga, araçá, grumixama, gabiroba, jabuticaba) e exóticas (como goiaba, seriguela, romã, manga, ameixa amarela, amora, carambola, fruta pão). O espaço conta com campo de futebol, horta comunitária, parque infantil, bancos, trilhas, bosque e um pequeno lago.

Em 2011, em parceria com a iniciativa privada, o parque ganhou playground e novo mobiliário urbano. Em meados de 2016, a gestão do parque passou a ser compartilhada entre o poder público e a organização da sociedade civil atuante no local, que, durante décadas, lutou pela sua recuperação. Um novo projeto de revitalização está sendo planejado, prevendo a reforma da edificação existente no local e um censo arbóreo do local, com mapeamento topográfico e sinalização das espécies.

X
Crédito: WOA Empreendimentos

Mirante da Ponte Hercílio Luz

Reinaugurado em janeiro de 2014, o Mirante da Ponte Hercílio Luz tornou-se também uma área de lazer na região central. Com novos calçamentos, iluminação, bicicletário, parque infantil e câmeras de monitoramento, a revitalização valorizou esse antigo ‘cartão-postal’ da cidade. A alameda Adolfo Konder, que dá acesso ao mirante, foi estreitada de 17 metros para 8,5 metros para priorizar os pedestres. O projeto de arquitetura paisagística ainda previu detalhada vegetação e a a recuperação dos bancos de época, do guarda-corpo e do gazebo e do monumento do ex-governador Hercílio Luz. A intervenção foi viabilizada pela iniciativa privada.

X
Crédito: Prefeitura Municipal de Florianópolis

Parque de Coqueiros

O Parque de Coqueiros, na porção Continental de Florianópolis, começou a ser construído em 8 de abril de 1999, como uma iniciativa da comunidade para ocupar uma área abandonada e degradada no antigo Saco da Lama e que havia sido parcialmente aterrada pra construção da Ponte Colombo Salles. Com muito esforço, a comunidade, liderada por uma organização da sociedade civil local, conseguiu viabilizar a conclusão da obra alguns anos depois, transformando-se rapidamente na área de lazer mais frequentada da cidade.

O Parque de Coqueiros possui uma pista de caminhada de 850 metros, um parque infantil, duas quadras de futebol de areia, um campo de futebol suíço, uma quadra de vôlei de praia, uma quadra de basquete e um estacionamento para aproximadamente 800 veículos. A academia de ginástica é uma parceria com a iniciativa privada.

X

Rua Vidal Ramos

No Centro de Florianópolis, a rua Vidal Ramos foi transformada em um ‘shopping a céu aberto’ em 2012. A iniciativa partiu dos comerciantes locais, que reivindicaram a requalificação do espaço urbano, em 2008. O Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis (IPUF) elaborou o projeto, a prefeitura licitou as obras,os lojistas remodelaram suas fachadas e instituições e empresas da região contribuíram com a doação do mobiliário urbano e do paisagismo.

ESPAÇOS PÚBLICOS

FLORIANÓPOLIS

Os espaços públicos qualificados são fundamentais para que a vida aconteça em plenitude: nos parques, nas praças, nas ruas. Destacamos aqui alguns bons exemplos do que Florianópolis oferece aos seus cidadãos, por ação do poder público ou por iniciativa de organizações da sociedade civil ou pelo patrocínio de empresas locais ou, ainda, pela parceria bem-sucedida entre essas três esferas.
Clique nas marcações sobre o mapa para saber mais detalhes sobre cada espaço.